Chamamento: Encontros (per)Formativos

 

Encontros (per)Formativos Nave Gris Cia Cênica com Frederico Santiago e Carmen Luz 

 
A Nave Gris abre inscrições para artistas das artes da cena (dança, teatro, performance) e do audiovisual interessades em participar dos Encontros (per)Formativos com Frederico Santiago e Carmen Luz, convidades pela Companhia para conduzirem um trabalho técnico-criativo envolvendo o uso da voz e a linguagem da videodança. Em nossa prática artística é fundamental o trabalho em parceria com artistas convidas(os)(es), criando territórios de fricção onde as diferenças e afinidades estéticas e técnicas tornam-se procedimentos de criação e matéria poética. 
Com o intuito de partilhar o momento cotidiano de nosso trabalho com outras(es)(os) artistas da cena, e compreendendo nossa responsabilidade social de gerir recursos públicos, selecionaremos 06 artistas para integrarem os Encontros (per)Formativos. Mais do que um workshop, os Encontros buscam ser um espaço de aprimoramento técnico e partilha entre a Nave Gris, artistas convidades e os(as)(es) participantes selecionados. Cada dia de encontro terá 03 horas de duração, sendo 02 horas com condução dos artistas convidades e 01 hora com condução da Nave Gris Cia Cênica.
 
PERÍODO DE REALIZAÇÃO:
Voz em Performance, com Frederico Santiago - de 08/06 a 01/07, às terças e quintas-feiras das 9h às 12h.
Práticas para Dançar, com Carmen Luz - de 06/07 a 29/07, às terças e quintas-feiras das 9h às 12h.
LOCAL DE REALIZAÇÃO: Os encontros serão remotos - via plataforma online Google Meet. 
VAGAS: 06 artistas selecionados(as)(es).
RESULTADO DA SELEÇÃO: 31 de maio de 2021.
 
IMPORTANTE: a inscrição para a participação da seleção para este chamamento se dá exclusivamente por meio de formulário eletrônico. A Nave Gris Cia Cênica não se responsabiliza por quaisquer problemas técnicos e de conexão que a(o) interessado possa ter ao efetuar sua inscrição.
 
*OBSERVAÇÃO: A NAVE GRIS ESTÁ ATENTA A TODAS AS RESOLUÇÕES E PREZAMOS PELA SAÚDE E SEGURANÇAS DE TODAS(OS)(ES)! OS ENCONTROS ACONTECERÃO EM FORMATO ONLINE, DEVIDO O CONTEXTO DE DISTANCIAMENTO SOCIAL.  
 
 
CONTEÚDO DOS ENCONTROS (PER)FORMATIVOS:
 
- VOZ EM PERFORMANCE, Encontro (per)Formativo com Frederico Santiago - de  08/06 a 01/07.
Estes encontros propõem a prática da voz como linguagem e fenômeno do corpo que envolve e permeia o(s) outro(s) e a si próprio.
A voz manifesta-se como palavra, como sons musicais ou ruídosos e, simultaneamente, acontece em sua natureza temporal (nos seus fluxos e durações) e espacial (nas suas formas acústicas). Pela voz manifestamos pensamentos, sentimentos, emoções, intenções, gestos, ações, imagens, poéticas, etc. 
As práticas desta oficina se propõem a explorar a expressividade da voz com exercícios que envolvem o corpo com técnicas aerodinâmicas, fonatórias, ressonantais e reconhecendo suas naturezas para criar poéticas, dramaturgias e performances.
 
Frederico Santiago é ator, fonoaudiólogo e preparador vocal em teatro e cinema, vem orientando grupos no "Ateliê da Voz e da Palavra". Mestrado na PUCSP voltado à voz e ao corpo junto ao Folias D’Arte com Happy End de Brecht. Atualmente faz doutorado voltado à voz e palavra na UNESP. Professor há 20 anos, tem lecionado na SP Escola de Teatro, Universidade Anhembi Morumbi, Escola de Atores Wolf Maya, Teatro Escola Macunaíma, entre outras.
 
- PRÁTICAS PARA DANÇA, Encontro (per)Formativo com Carmen Luz - de 06/07 a 29/07.
Este encontro (per)formativo parte da noção de recolhimento, uma noção que abraça muitas palavras e imagens, por onde deslizam muitos sentidos. 
De diversas formas, todas as acepções que conhecemos dela habitam vigorosamente nossas existências desde março de 2020, enquanto indivíduos, enquanto sociedade: o ato de se recolher, o ato de retirar, a forma recatada de viver, a cobrança de impostos/taxas/contribuições, o lugar onde se fica recolhido, a meditação espiritual, o encarceramento.
O trabalho sobre a noção de recolhimento nos dará caminhos para a construção de nossos materiais cênicos, históricos, videográficos, corporais e outros, que por ora, ainda não sabemos.
 
Carmen Luz nasceu e mora na cidade do Rio de Janeiro. É cineasta, coreógrafa, pesquisadora em dança, roteirista e diretora de espetáculos cênicos. Com formação acadêmica e práticas multidisciplinares, atua profissionalmente nos campos da realização audiovisual, coreografia, performance, encenação, interpretação, dramaturgia e ensino. Escreve e realiza obras cênicas, filmes documentários e vídeos experimentais. Aborda, com especial interesse, as histórias de vida de pessoas afrodescendentes, as gestualidades das mulheres negras e a corporeidade dos jovens moradores dos grandes centros urbanos e suas periferias
 
HAVERÁ CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO!
 

FAÇA SUA INSCRIÇÃO AQUI!

 
Os Encontros (per)Formativos fazem parte do projeto “Mãos que bordam o tempo, pés que acordam o chão – circulação dos espetáculos A-VÓS e Corredeira” da Nave Gris Cia Cênica contemplado pela 27ª Edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo.